Mocidade Maranata em Penaforte



Mocidade Maranata realiza trabalho de Evangelismo na Base Missionária da Igreja Batista Maranata de Penaforte que é a frente do Evangelista Wilker e sua esposa Obreira Noelma,o Trabalho foi uma Benção a palavra do Senhor foi pregada com Louvores,Peça teatral,danças e pregação da Palavra.





Leia Mais

Mocidade Maranata Evangeliza no Sitio Muquém.


Mocidade Maranata esteve Evangelizando no Sitio Muquém Município de Brejo Santo na Direção do Diácono Fabio,logo cedo os Jovens fizeram convites em todas as Casas da Comunidade e anoite ouve apresentação de Uma peça intitulada o Bom Samaritano ,depois ouve apresentação de uma dança com Grupo Dunamai,os  Jovens Vanessa e Gabriel louvaram ao Senhor, e o Pastor Cabral trouxe uma palavra Evangelística a todos presentes no Final uma Senhora entregou sua vida pra Jesus,Louvado Seja DEUS. 


Leia Mais

Mocidade Maranata em Abaiara


A Mocidade Maranata faz Trabalho de Evangelismo na cidade de Abaiara na Igreja Batista Maranata dirigida pelo Pastor Jose que nos recebeu muito bem,algumas ruas da cidade receberam a visita da Mocidade Maranata convidando o Culto que teve por titulo Culto da Decisão.


Neste Culto tivemos a direção do Pastor José,cantando os Louvores a irma Vanessa e Obreira Acsa,alem de uma Peça Teatral com grupo Adonai e a apresentação do Grupo Dunamai com a dança Se Liga


O Pastor Cabral trouxe uma palavra Evangelística com Tema o Grande Eu  Sou,só ele pode todas as Coisas,foi uma Culto abençoando,queremos Agradecer o Pastor José sua Esposa Patricia pela oportunidade e Assistência que Deus continue abençoando a Igreja Batista Maranata em Abaiara.  



Leia Mais

Igreja Mundial terá que indenizar funcionário vítima de assédio moral


Um funcionário da Igreja Mundial do Poder de Deus em Minas Gerais foi favorecido pela justiça e receberá R$ 15 mil de indenização por danos morais.
O caso foi julgado pelo Tribunal de Trabalho da 3ª Região (TRT-MG) mantendo a decisão da 2ª Turma que caracterizou como assédio moral a forma como o empregado era tratado pelo bispo responsável pela igreja e por outros pastores.
No processo a autor, que trabalhava como editor de vídeo, informa que era chamado de “burrinho”, “macaquinho” e “jegue”, e conseguiu testemunhas que comprovaram a forma ofensiva como ele era tratado pelos seus superiores.
No entendimento dos desembargadores houve assédio moral e o pedido de indenização foi procedente. “A figura do assédio moral se caracteriza pela conduta abusiva do empregador ao exercer o seu poder diretivo ou disciplinar, atentando contra a dignidade ou integridade física ou psíquica de um empregado, ameaçando o seu emprego ou degradando o ambiente de trabalho, expondo o trabalhador a situações humilhantes e constrangedoras. Existindo prova de tais fatos nos autos, é devida a respectiva indenização reparadora”, diz a ementa do voto.
Em sua defesa, a Igreja Mundial contestou o assédio dizendo que as brincadeiras são normais dentro de um ambiente de trabalho “descontraído”, mas o relator do processo não acatou essa explicação condenando a igreja a pagar a indenização por dano moral. Com informações COAD
Leia Mais

Jogador evangélico adota bigode para fugir das ‘tentações’;


Atualmente morando no Rio de Janeiro, 20 anos, jogador de um dos grandes clube da cidade, Gustavo Scarpa é o jovem meia do Fluminense. Ele vem ganhando espaço com Cristovão Borges, técnico do time, e agora ostenta um bigode no visual. Perguntado se era uma homenagem para Fred, o jogador respondeu que não e revelou o motivo para manter o bigodinho: as ‘tentações’ da Cidade Maravilhosa.
Em entrevista ao Lance Net, o jogador afirmou que é cristão e antes de ir para o Rio de Janeiro tinha uma namorada. “Como aqui tem muito funk e festa, eu pensei em algo para afastar a tentação e não trair a minha namorada, aí eu deixei o bigode”. Hoje, já sem namorada, o meia mantém o visual e propósito: “Gostei do estilo e mantive o bigode”.
Scarpa estreou nos profissionais no empate diante do Internacional, antes da parada para a Copa do Mundo. Depois, foi a surpresa na escalação do técnico Cristovão Borges para o amistoso contra a Itália, quando foi titular e teve uma boa atuação. Apesar da idade, o meia-atacante não esconde a ansiedade em ser utilizado e mostra está trabalhando forte para agarrar a oportunidade quando ela surgir.

Leia Mais

Vem Ai O Aniversário da I.B.M Timbaúba.


Em Setembro a Igreja Batista Maranata da Timbaúba esta Aniversariando e acontecera dois dias de Festa para Gloria de DEUS,dias 20 e 21 de Setembro presença já confirmada da Cantora Waldilene de Orós,caravanas e Pastores de toda Região e desde de já o Pastor Luis Amaro e sua Equipe de Fé convidam a todos para este momento de Louvor e Adoração a o Senhor.  

Leia Mais

Transexual é ordenada como pastora por Igreja Batista nos Estados Unidos


A Calvary Baptist Church, em Washington ordenou recentemente a transexual Allyson Robinson para o ministério evangélico. Allyson, anteriormente era conhecida como Daniel Robinson, participou do Seminário Teológico George W. Truett e já havia pastoreado uma igreja no Texas como um homem.
Segundo a Associated Baptist Press, Robinson começou a atuar no pastoreio da Calvary Baptist Church no dia 23 de junho. Em uma convocação temporária, ela deve ajudar nas pregações, aconselhamento, e outros deveres pastorais juntamente com os diáconos.
A ordenação de Robinson se deu no dia 15 de junho, e foi oficializada antes da partida do pastor Amy Butler para se tornar ministro sênior da histórica e progressista Igreja Riverside, em Nova York.
- Allyson Dylan Robinson é uma ministra do evangelho, treinada para a tarefa, e ordenada ao ministério evangélico por outra comunidade em que ela já havia servido. (…) Ao longo de sua jornada, Deus convidou-a a entrar no testemunho fiel de uma nova identidade, uma identidade verdadeira, e um novo nome – disse Butler.
- Embora nós sempre a conhecemos como Allyson, ela foi ordenado com um nome diferente – completou o pastor.
Robinson é ativista dos direitos LGBT e já trabalhou no passado para a Campanha de Direitos Humanos e como diretor-executivo da OutServe, uma rede de gays nas forças armadas. Ela tem experiência anterior no ministério pastoral, incluindo cinco anos na Igreja Batista em Portugal e como pastor da Meadow Oaks Baptist Church, em Temple, Texas, enquanto estudava no Seminário Truett entre 2005 e 2007.
Graduado em 1994 na Academia Militar dos Estados Unidos em West Point, Robinson foi contratado como um oficial do exército. Então conhecido como Daniel Robinson, ele comandou as unidades de mísseis Patriot na Europa e no Oriente Médio, serviu como instrutor/avaliador sênior para a OTAN e foi um conselheiro para as forças armadas da Arábia Saudita, Kuwait e Qatar.
Ela renunciou seu trabalho militar em 1999 para seguir uma vocação para o ministério cristão. Matriculou-se em Truett com a intenção de continuar no ministério como um homem cristão, mas seus primeiros semestres acabaram se tornando uma busca interior em torno das questões de identidade de gênero que o tinha assombrado desde a infância.
Eva Powell, presidente da comissão de pessoal da Calvary Baptist Church afirma que a decisão do conselho de liderança da igreja para selecionar Robinson como pastora foi unânime e um indicativo da longa tradição da congregação de se esforçar “para nos abrir para o movimento do Espírito de Deus em nossas vidas individuais e da vida de nossa comunidade”.


Leia Mais

Foragido da justiça se converte e se entrega à polícia


Depois de participar de um culto em uma igreja Assembleia de Deus o foragido da justiça Liberman Dias de Oliveira, 34 anos, resolveu se entregar à Polícia Militar da cidade de Cruzeiro do Sul (AC).
Oliveira fugiu da penitenciária de Rio Branco no mês de junho, ele cumpria a pena em regime semi-aberto por ter participado da morte de um vigia da Universidade Federal do Acre em 1998.
Ao fugir da cadeia ele se abrigou na cidade de Cruzeiro do Sul e no último dia 22 ele aceitou o convite de assistir um culto evangélico e se sentiu tocado por Deus.
“Eu decidi me entregar, fui tocado pelo amor de Deus, não quero mais essa vida para mim, eu estava usando muita droga aqui fora, mas depois que fui na Assembléia de Deus no bairro do Remanso senti que essa era a coisa certa a ser feita”, disse Liberman ao jornal “Tribuna do Juruá”
O foragido é conhecido como “Ronaldinho” e mesmo depois da condenação nega que tenha participado da morte do vigia. Em sua defesa ele diz que estava com o menor, mas não chegou a tocar na vítima.
“O rapaz que estava comigo era menor na época e disse que eu tinha mandado matar o homem, e eu respondo como mandante do crime, mas na verdade não fiz nada”, alega.
É em Cruzeiro do Sul que mora a família do rapaz, por este motivo ele deixou Rio Branco para poder rever seus parentes. “Eu sentia falta deles e decidi vir pra cá. Já pedi diversas vezes que a juíza me transferisse para cá, mas ela não fez isso”, justificou.
O delegado da cidade afirmou ao jornal que o homem está sob custódia e que será encaminhado novamente para a capital do Estado para terminar de cumprir a pena na Penitenciária Manoel Nery da Silva.
Leia Mais

Cristão pode ir ao psiquiatra? Bispo afirma que “não só pode, como muitos precisam”


O bispo Walter McAlister respondeu em vídeo a uma dúvida muito comum entre evangélicos: Um cristão pode ir ao psiquiatra?
Doenças como depressão, estados crônicos de estresse e outras doenças são cada vez mais comum na sociedade mundial, não poupando idade, sexo, condição financeira e nem mesmo religião.
Mas na hora de buscar tratamento muitos evangélicos se deparam com o posicionamento contrário de quem acredita que procurar ajuda de médicos para tratamentos emocionais é falta de fé.
No vídeo, o representante da Igreja Cristã Nova Vida diz que “não só pode, como muitos precisam” se consultar com psicólogos e psiquiatras. Ele lembra que há diversos problemas comportamentais que estão ligados ao desequilíbrio hormonal do organismo, problemas que não estão relacionados ao mundo espiritual.
“Essas pessoas precisam procurar um médico gabaritado capaz de poder diagnosticar se há um fundamento fisiológico para este problema emocional”, diz ele.
“Não é falta de fé tomar antidepressivo, depressão não é prova de que você não tem a vitória em Cristo.”
O bispo diz que é preciso quebrar este preconceito de que o cristão que está triste ou confuso não tem a vitória. “Vitória não é isso. Vitória é manter-se firme em sua fé, firme nas promessas de Jesus. O resto é um processo.”
O líder da Igreja Cristã Nova Vida indica profissionais cristãos que além dos problemas emocionais e hormonais também vão entender o lado espiritual.

Leia Mais

Seguidores

Visitas ao Blog

contador de acesso grátis