quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Cristão pode ir ao psiquiatra? Bispo afirma que “não só pode, como muitos precisam”


O bispo Walter McAlister respondeu em vídeo a uma dúvida muito comum entre evangélicos: Um cristão pode ir ao psiquiatra?
Doenças como depressão, estados crônicos de estresse e outras doenças são cada vez mais comum na sociedade mundial, não poupando idade, sexo, condição financeira e nem mesmo religião.
Mas na hora de buscar tratamento muitos evangélicos se deparam com o posicionamento contrário de quem acredita que procurar ajuda de médicos para tratamentos emocionais é falta de fé.
No vídeo, o representante da Igreja Cristã Nova Vida diz que “não só pode, como muitos precisam” se consultar com psicólogos e psiquiatras. Ele lembra que há diversos problemas comportamentais que estão ligados ao desequilíbrio hormonal do organismo, problemas que não estão relacionados ao mundo espiritual.
“Essas pessoas precisam procurar um médico gabaritado capaz de poder diagnosticar se há um fundamento fisiológico para este problema emocional”, diz ele.
“Não é falta de fé tomar antidepressivo, depressão não é prova de que você não tem a vitória em Cristo.”
O bispo diz que é preciso quebrar este preconceito de que o cristão que está triste ou confuso não tem a vitória. “Vitória não é isso. Vitória é manter-se firme em sua fé, firme nas promessas de Jesus. O resto é um processo.”
O líder da Igreja Cristã Nova Vida indica profissionais cristãos que além dos problemas emocionais e hormonais também vão entender o lado espiritual.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Visitas ao Blog

contador de acesso grátis